segunda-feira, 31 de julho de 2017

Festa de aniversário de um ano da INTERMOTOS

INTERMOTOS é uma grande oficina de motos multimarcas de alta cilindradas em Uberlândia.

A festa será no próximo sábado. Quem puder comparecer tenho certeza que vai gostar!


Motociclistas são alvos de operação da polícia rodoviária na Fernão Dias

Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez uma operação neste domingo (30) com o objetivo de coibir o excesso de velocidade na Rodovia Fernão Dias. Os alvos foram os condutores de motos speed, aquelas grandes e potentes.

A ação aconteceu no trecho de Atibaia, na altura do km 47, onde cerca de 200 motociclistas haviam sido abordados até o final da manhã – a operação continua durante o domingo. A polícia reteve os documentos de 40 motos, porque elas apresentavam alguma irregularidade, a exemplo de alterações no escapamento ou dispositivo nas placas para evitar a autuação em radares.


Foram registradas 89 autuações até o mesmo período. Foram flagrados ainda 76 veículos, entre carros e motos, em excesso de velocidade. Em um dos casos, o veículo estava a 157 km/h. Na rodovia a velocidade permitia varia, de acordo com o trecho, de 100 km/h a 110 km/h.

O inspetor da PRF, Alfredo José Martinelli de Oliveira, explica que o tráfego das motos em alta velocidade é alvo de reclamação de moradores da região, além de ser um risco.

A concentração de motos costuma ser maior aos finais de semana, quando é comum ver grupos reunidos para passeios por cidades da região, como Joanópolis.

“Eles utilizam a rodovia de passagem e seguem pela região serrana, onde o risco de acidentes é ainda maior. Muitos dirigem acima da velocidade, já tivemos registros de rachas, ou também fazem curvas sem ter o controle do veículo”, explica.

Nos trechos de serra, o limite de velocidade é de 80km/h.
Cerca de 200 motos foram fiscalizadas na Fernão Dias (Foto: Lucas Rangel/TV Vanguarda)

Fonte: http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/motos-sao-alvos-de-operacao-da-policia-rodoviaria-na-fernao-dias.ghtml

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Origem no Brasilia Capital Moto Week 2016


Dias 22, 23 e 24 de julho o Origem Moto Clube acompanhado de ótimos amigos, 
participaram da XIII edição do Brasilia Capital Moto Week 2016, realizado no 
Parque de Exposições da Granja do Torto, na capital federal.


Na chegada, o Origem teve o prazer de ser recebido pelos Furões do Asfalto-DF, onde disponibilizaram toda a sua estrutura dentro do parque (acomodações nas tendas, comidas e bebidas...) a todos os integrantes do Origem e amigos que acompanharam. 
Excelente recepção dos integrantes dos Furões do Asfalto-DF.
Recebam nosso abraço fraterno.


Galera reunida para a saída.


Parada para um café...

E abastecimento.


Passeio pela capital federal





Agradecemos a companhia de todos os amigos que acompanharam o Origem e sabem que sempre serão bem vindos.
E um abraço especial para...você... motociclista!















quarta-feira, 13 de julho de 2016

Entrega de doações à Casa Santa Gemma

No dia 03 de julho o Origem Moto Clube teve o prazer de visitar um lugar especial, um local marcado pela fraternidade. Trata-se da Casa Santa Gemma.
A casa acolhe moradores de rua que buscam ali condições básicas necessárias para viverem com  dignidade.
Além de oferecer carinho e afeto, oferece também local para dormir, tomar banho e refeições.

A Casa Santa Gemma surgiu com a iniciativa de Silvio Expedito Cardoso, conhecido por todos como Ditão, pessoa que tem um olhar especial para com os pobres e muito amor ao próximo, onde começou a abrigar em sua própria residencia moradores de rua.
Outro fundador da casa é o músico Jack Albernaz, que conheceu o Ditão e resolveram criar em 2002 a Casa Santa Gemma.
A Casa se mantém com doações e trabalho voluntário e hoje a Casa tem uma sede própria construída com a ajuda da comunidade.

Se você quer participar de doações de roupas, alimentos, levar um sorriso e um abraço ou uma palavra de conforto aos moradores, a Casa fica no seguinte endereço: Rua José Flores, 351 bairro Aclimação ou pode ligar no telefone 3227-6748.

Um agradecimento especial ao nosso irmão Gilberto e esposa por mais uma iniciativa, trabalho este que já é rotina fazerem todo ano para mais essa instituição. 
Ainda é pouco, mas juntos faremos mais.

Silvio Expedito Cardoso - "Ditão"











terça-feira, 5 de julho de 2016

Divertida crônica escrita por um motociclista com mais de 70 anos...

Não compre uma moto Big Trail de forma alguma!


Os motivos são muito simples:
a) Seus vizinhos morrerão de inveja;
b) Se vc tiver filhos (principalmente homens dos 8 aos 16 anos) terá que buscá-los e levá-los todo santo dia para a escola de moto. Ir com a mãe de Eco Sport, pálio, gol, peugeot, zafira, civic ??? Nem pensar pai....vou de ônibus!
c) Você correrá o sério risco de conhecer uma turma de malucos que gosta de lama, chuva, erosões e acha que ir de moto até Ushuaia é divertido;
d) Você perderá completamente a sua identidade, no seu bairro será conhecido apenas como o dono da big trail;
e) Futebol de sábado ??? Tênis no domingo ??? Squash na quinta ??? Tomar uma cervejinha com os amigos ??? Esquece !!!! Sábado é dia de trilha, domingo vc ainda não saiu da estrada e quinta é encontro do moto grupo....vê se isto é vida !!!!
f) Nunca mais vc conseguirá andar em uma moto normal sem sentir medo de raspar a pedaleira no chão;
g) Você não será mais um ser humano normal. Enquanto seus vizinhos se divertem pacas lavando seus carros no sabadão de manhã, a esta hora vc está exatamente dentro de uma poça de lama que vai até a metade da roda. Coisa de maluco né ?
h) Andar DENTRO de um rio com água nas canelas com a sua moto será uma coisa normal para você;
i) Vc se tornará um exibicionista chatérrimo. Enquanto seus amigos no happy-hour estiverem falando da balada do final de semana, da queda da bolsa ou do jogo do Flamengo, vc tentará sacar seu smartphone e mostrar a todos aquelas fotos do ultimo passeio com os amigos, da estrada de terra e lama que vc passou sem parar, do rio que atravessou etc...baita cara chato;
j) Vc terá que escolher sua casa, os lugares que frequenta, os shoppings PELO TAMANHO DA VAGA PARA A MOTOCICLETA!!!
l) Amante? Esquece. Seu dinheiro vai todo para os acessórios da moto e pro mecânico.
Você será o único retardado na vizinhança que chama a moto pelo nome de batismo. Sim, sua motocicleta terá um nome.
E mesmo com todos esses problemas você nunca mais conseguirá viver sem essa sua companheira....
Fonte: Texto pelo motociclista Sr. Gugu (74 anos), residente em Taubaté/SP. Publicado no RockRiders.com.br.

sábado, 21 de maio de 2016

Dia 20 de maio a irmandade Origem teve o prazer de receber mais um integrante, mais do que 
isso, ganhamos um irmão. 

Motociclismo é uma grande irmandade, onde entre nós do meio esta palavra vem se tornando mais forte e muito mais abrangente. Se procurarmos nos dicionários, irmandade significa comunhão, comunidade, confraria, congregação, ato de conviver juntos em paz.

Mas quando se trata de motociclismo vamos além dos dicionários, e consideramos também irmandade uma palavra que vem de irmão. 

Não precisamos ser irmãos apenas de sangue, mas somos de uma paixão em comum: irmãos de estradas, de vento na cara, inseto na viseira, do asfalto ou da terra sob as rodas e principalmente irmãos do anseio mais antigo procurado pelo homem: a liberdade.

Na irmandade de motociclismo não temos regras escritas ou secretas e nem a cartilha de bons meninos, mas quem está no meio já nasceu sabendo e tem o código de honra silencioso que ninguém precisou ensinar. 

Júlio seja muito bem vindo a irmandade, à família Origem!!

Entrega do colete ao Júlio